Herói da Semana: Xul, O Necromante Críptico

"Os que perturbarem o equilíbrio serão destruídos."

Xul, o Necromante Críptico

Ocultos nas profundezas das selvas do Kehjistão oriental, os enigmáticos Sacerdotes de Rathma se dedicam ao desafio de manter o equilíbrio entre o caos e a ordem em Santuário, mas poucos discípulos de Rathma encaram esse desafio com a perícia e o vigor do necromante Xul. Tendo libertado Santuário, Xul, o Necromante Misterioso, precisa se erguer novamente para conquistar o Nexus!

Principais Talentos:

Ferimento Mortal — Faz com que inimigos atingidos por sua Foice Espectral tenham a cura diminuída em 75% por vários segundos. O uso eficiente deste talento pode incapacitar grupos compostos por muitos Heróis de suporte por alguns instantes cruciais. 

Amplificar Dano — Concede uma penalidade Vulnerável (aumento de 25% no dano recebido) a inimigos afetados por Prisão de Ossos. A combinação de um efeito de enraizamento e o dano extra recebido criam uma ferramenta devastadora para cuidar de inimigos isolados e problemáticos.

 

Cadáver Explosivo Fãs de Diablo 2 vão reconhecer essa habilidade emblemática do Necromante. Com esse talento, as explosões dos Guerreiros Descarnados se tornam uma força temível nas lutas de grupo e ao avançar pelas trilhas. Os cadáveres explodem ao ser destruídos, causando dano aumentado a inimigos não Heroicos.

Lança Óssea — Outra favorita dos fãs de Diablo 2, a Lança Óssea é um disparo de habilidade de dano alto e recarga curta. Escolher este talento concede a Xul mais potencial de eliminar levas de adversários e de atacar de longe, sem mencionar o pico de dano causado em lutas de grupo.

Cantinho do Desenvolvedor:

Sam Didier, diretor de arte sênior, e Andrew Kinabrew, artista 3D:

  • Ravinix: Antes de mais nada, o visual de Xul é fantástico, embora um pouco diferente do que eu me lembro em D2. Como aconteceu a decisão de equipar Xul com uma foice em vez das adagas, maça e escudo do Necromante?
    • Sam: Nós queríamos escolher o visual mais impactante de Diablo 2 para o Necromante de forma que os jogadores o reconhecessem imediatamente, então começamos com a armadura de couro e uma adaga na mão. Com isso estabelecido, colocamos a foice para melhorar a definição da silhueta e para tornar Xul um personagem de Heroes visualmente único, a personificação da morte. Quanto à maça e ao escudo de ossos, não quisemos tomar esse rumo porque Johanna, colega de Xul do Diablo 3, já usa essa combinação, e não queríamos que Xul competisse visualmente com ela.

  • Ravinix: Há muitos fãs de necromantes ansiosos para o lançamento desse herói. As suas decisões de design foram afetadas pela ansiedade do público em ter um Herói assim? Se sim, como?
    • Andrew: A gente sentiu essa ansiedade, sim! Muitos de nós jogamos com o Necromante no modo hardcore em D2, então a pressão era alta já aqui no escritório. Somos tão apaixonados por esses personagens quanto nossos jogadores. Quando o D2 saiu, esse necromante foi um dos personagens que realmente moldaram minhas ideias e estilo artístico. Há coisas que queremos fazer para trazer o sabor do D2: a roupa de couro, a ideia de que Xul já está na área há muito tempo e já viu de tudo, mantendo o equilíbrio etc. Queríamos passar essas ideias e também trazer um pouco do estilo do Sammy para o universo de Diablo. No final, criamos o que achamos ser o melhor para o Heroes.  

  • Ravinix: Xul passa um clima muito sinistro. Quais foram suas inspirações ao criar o visual dele?
    • Sam: Ele já tinha muitas imagens e conceitos legais. O que fizemos foi combinar os elementos já estabelecidos do Necromante com o que tínhamos para o Xul, e ele acabou ficando bem singular.

Jade Martin, designer de jogo:

  • Ravinix: Eu adoro o fato de o Xul trazer muita coisa legal do necromante do D2 para o Nexus: Cadáver Explosivo, Lança Óssea e Nova Venenosa são ótimos exemplos disso, mas e os Golens? Por que não há Golens entre as habilidades dele? Tem alguma coisa que vocês queriam trazer do D2 mas não foi possível?
    • Jade: Nós sabíamos desde o começo que queríamos Golens ou Esqueletos, e tentamos os dois. Mas aí vimos que os Golens não melhoravam tanto assim o kit de Xul e deixavam as lutas de grupo confusas. Sabíamos que o Necromante do D2 tinha muitas habilidades legais e seria difícil colocar todas em um só Herói, mas fizemos o possível, adicionando maldições, esqueletos, Armadura de Ossos e Lança Óssea. Algumas coisas que eu tinha vontade de incluir? Golens, Damas de Ferro, Dentes de Osso e outros tipos de Magos Descarnados!

  • Ravinix: Vamos falar de pontos fortes e fracos. Quais Heróis, do ponto de vista da jogabilidade, são os melhores amigos e os piores inimigos de Xul no Nexus?
    • Jade: Xul é ótimo contra inimigos que abusam da alta velocidade de ataque, como Illidan, Thrall e Raynor. Quanto aos aliados, Xul tem boa sinergia com heróis como Kael'thas, Muradin e Johanna, já que eles têm controles coletivos de maior alcance que permitem ao necromante chegar perto o suficiente para lançar Prisão de Ossos. Em relação aos inimigos, Xul tem mobilidade baixa, por isso inimigos que conseguem manter distância, como Lunara e magos, são bons contra Xul.

  • As duas Habilidades Heroicas de Xul parecem bem divertidas, mas não sei quando é melhor escolher uma ou a outra. Vocês podem falar um pouco sobre os pontos fortes delas?
    • Jade: Nova Venenosa é fantástica contra equipes com Heróis que caem pra dentro, tipo Illidan, o Açougueiro e Tyrael. Usar Nova Venenosa assim que eles chegam pode virar a luta. Magos Descarnados são bons para controlar o campo de batalha e dividir a equipe inimiga. Se sua equipe está lutando em um gargalo, coloque Magos Descarnados em pontos estratégicos para separar a equipe inimiga, forçando-a a escolher entre tancar o dano e se separar ainda mais ou perder tempo matando os Magos Descarnados.

Esperamos que você tenha gostado de conhecer o mundo de Xul, o Necromante Críptico. Veja o vídeo e a página de Herói para saber mais sobre ele e diga o que achou nos comentários abaixo! 

Pronto para jogar?

Baixe Heroes

Jogue Grátis Agora

Conecte-se